As mentiras do Apocalipse Protestante! 

Tribulação: A guerra que viria sobre todo o mundo.

Tribulação: A guerra que viria sobre todo o mundo.

 “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas. Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXV e XXVI)

Caros leitores, mais uma vez eu perderei o meu precioso tempo para refutar mais uma “pataquada” protestante. Segundo esses rebelados, aliás, segundo as alucinações rebeladas, o Cris Macabeus está louco! Pois, segundo os artigos do site: MENTIRAS DO APOCALIPSE PROTESTANTE, a grande tribulação viria para Jerusalém, e, esse castigo, recairia sobre os judeus por causa de seus crimes abomináveis, no qual, todos nós já sabemos quais são: extermino dos profetas, idolatria, adoração ao imperador romano, perseguição apostólica e a crucificação de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.

O caso é que existem vários textos Bíblicos que usa o termo TERRA para designar um fato decorrente no passado hebreu, na realidade do momento (na época de Cristo) e no futuro da comunidade judaica, assim como o futuro da humanidade. Porém, nossos amigos rebelados, na tentativa desesperada de enganar seus seguidores, utilizam-se dos “sofismas protestante” para satisfazer o seu próprio estômago (por mais que a ignorância intelectual seja evidente) e como se não bastassem os “sofismas”, eles querem se transformar em doutores da língua grega, hebraica e aramaica. Eu estou me referindo a uma “patota” de bucéfalos maçônicos e gnósticos, no qual, se revestem de Cristão para tentar difamar a única e verdadeira Igreja do nosso Senhor Jesus Cristo. Certamente, esses comediantes do reino anarquista protestante, jamais conseguiu ler a Bíblia Sagrada de Gênesis – Apocalipse, ou, algum livro didático do gênero teológico.

Obs.: “Esses anarquistas maçônicos, hoje, então ligados ao catarismo gnóstico, no qual, foi condenado por Jesus Cristo no livro de Apocalipse. Eles então tentando reviver a seita dos Nicolaidas”.          

Segundo esses protestantes maçônicos, utilizando-se do texto do Evangelho de São Lucas (acima) – claro, sempre com SEUS TEXTOS ADULTERADOS –, as tribulações não viriam apenas para Jerusalém e região, pois, o texto (isolado e adulterado) diz que, a aflição viria para toda a TERRA, povos e nações. Abaixo eu vou expor a pequena parte do texto que esses esquizofrênicos retiraram do seu contexto, e, como se não bastasse, ainda usaram uma versão ADULTERADA.

TEXTO EXPOSTO PELOS PROTESTANTES MAÇÔNICOS:

“Atente para mais esse trocadilho abaixo, em Lucas 21:25, 26,

Haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas”.

Caros leitores, antes de iniciar uma exegese, eu irei colocar abaixo, como esse verso está escrito no grego e na versão King James (para facilitar o entendimento):

“καὶ ἔσονται σημεῖα ἐν ἡλίῳ καὶ σελήνῃ καὶ ἄστροις, καὶ ἐπὶ τῆς γῆς συνοχὴ ἐθνῶν ἐν ἀπορίᾳ ἤχους θαλάσσης καὶ σάλου - ἀποψυχόντων ἀνθρώπων ἀπὸ φόβου καὶ προσδοκίας τῶν ἐπερχομένων τῇ οἰκουμένῃ, αἱ γὰρ δυνάμεις τῶν οὐρανῶν σαλευθήσονται” (Versão: Grego Koinê).

“And there shall be signs in the sun, and in the moon, and in the stars; and upon the earth distress of nations, with perplexity; the sea and the waves roaring; - Men's hearts failing them for fear, and for looking after those things which are coming on the earth: for the powers of heaven shall be shaken” (Versão King James).

ABAIXO, A TRADUÇÃO CORRETA:

E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; e na TERRA angústia das nações, em perplexidade; o mar e as ondas; - Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão sobra a TERRA; pois os poderes dos céus serão abalados.

Olhando para esse texto, podemos encontrar duas palavras gregas, no qual, a King James traduziu como EARTH (TERRA). Esse termo inglês, pode se referi a um vasto território, como também, apenas a um território específico, um povo, ou, simplesmente, ao SOLO. Todos nós sabemos que, o termo inglês para MUNDO é: WORLD.

Assim conseguimos perceber a grade adulteração maligna no texto citado pelos PROTESTANTES MAÇÔNICOS. No caso, eles usaram:

Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao MUNDO; (O TERMO CORRETO É: TERRA) porquanto as virtudes do céu serão abaladas”.

Na verdade, a tradução a tradução mais literal seria:

Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão SOBRE A TERRA; porquanto as virtudes do céu serão abaladas”.

Lógico que os protestantes maçônicos irão me questionar com esse tipo de argumento: E a angustia levada para as nações?

Resposta: calma, muita calma nesse momento povo protestante! Eu farei uma fácil exegese desse texto, e, assim, eu farei os rebelados engolir uma coisa chamada – INTERPRETAÇÃO DE TEXTO – pela goela abaixo.

Antes da exegese, eu quero que o leitor entenda cada significado dos termos gregos usados para: TERRAMUNDOUNIVERSO.

PRIMEIRO TERMO É: γῆς.

Strong's Concordance 1093.

Gé: the earth, land.

Original Word: γῆ, γῆς, ἡ.
Part of Speech: Noun, Feminine.
Transliteration: gé.
Phonetic Spelling: (ghay).
Short Definition: the earth, soil, land.
Definition: the earth, soil, land, region, country, inhabitants of a region.

Realmente, não precisa ser fluente na língua inglesa para traduzir o significado desse termo, no qual, a única definição é: TERRITÓRIO.

Se os protestantes maçônicos se prestassem aos ESTUDOS, eles saberiam que, o termo (GÉ) γῆς, é o mesmo termo usado por Josué na conquista de CANAÃ. Observem:

“καὶ ἔλαβεν Ἰησοῦς πᾶσαν τὴν γῆν καθότι ἐνετείλατο κύριος τῷ Μωυσῇ καὶ ἔδωκεν αὐτοὺς Ἰησοῦς ἐν κληρονομίᾳ Ισραηλ ἐν μερισμῷ κατὰ φυλὰς αὐτῶν καὶ ἡ γῆ κατέπαυσεν πολεμουμένη”.

“Conquistou, pois, Josué toda a TERRA, como o Senhor tinha dito a Moisés, e deu-a em herança a Israel, repartindo-a segundo suas tribos. E a terra repousou da guerra” (Josué, capítulo XI, Verso XXIII)

O texto diz que Josué conquistou TODA A TERRA (GÉ), porém, esse: TODA A TERRA – era apenas a terra prometida aos hebreus, ou seja, esse termo não se refere ao planeta terra.

Para ratificar o que eu estou afirmando, eu vou acrescentar outro texto Bíblico, no qual, mata de uma vez por todas essa “pataquada” protestante.

“ὁ δὲ ἐγερθεὶς παρέλαβεν τὸ παιδίον καὶ τὴν μητέρα αὐτοῦ καὶ εἰσῆλθεν εἰς γῆν ἰσραήλ”.

“José levantou-se, tomou o menino e sua mãe e foi para a TERRA de Israel” (Evangelho de São Mateus, Capítulo II, Verso XXI)

Caros leitores observem o termo usado no evangelho de São Mateus para se referir apenas a TERRA DE ISRAEL. Eu creio que essa questão do termo: (GÉ) tenha ficado bem claro para os nobres leitores.

Agora vamos passar para o segundo termo, no qual, a King James traduziu como TERRA, porém, existe um significado extenso sobre esse termo, pois, foi usado apenas NAQUELA ÉPOCA.

SEGUNDO TERMO É: οἰκουμένῃ.

Strong's Concordance 3625.

Oikoumené: the inhabited Earth.

Original Word: οἰκουμένη, ης, ἡ.
Part of Speech: Noun, Feminine.
Transliteration: oikoumené.
Phonetic Spelling: (oy-kou-men'-ay).
Short Definition: the inhabited (Roman) world.
Definition: (properly: the land that is being inhabited, the land in a state of habitation), the inhabited world, that is, the Roman world, for all outside it was regarded as of no account.

Nesse caso, o apologista precisa ter um pouco mais de conhecimento para realizar uma tradução, pois, esse termo, no qual, foi traduzido no latim arcaico como: UNIVERSO, possui um significado momentâneo, temporal e ocasional.

Esse termo era usado apenas para o limite territorial dominada pelo império romano.

Agora eu pergunto aos protestantes: O império romano dominou o MUNDO INTEIRO? Resposta básica: CLARO QUE NÃO!!!!!!!!!!!

Infelizmente, para esses incultos protestantes, no qual, sequer leu algum livro de história na vida (baseando-se em fontes como WIKIPÉDIA), o império romano não foi o maior conquistador de todos os tempos, e, não conseguiu dominar o planeta inteiro. Bem, na verdade, esse “UNIVERSO ROMANO” apontado pelo tempo grego: οἰκουμένῃ, condiz apenas com a conquista do mediterrâneo, ou, a expansão do império que se deu apenas nas regiões banhadas pelo mar mediterrâneo. Talvez, o império romano seja o império mais longo da história, porém, em domínio territorial, ele não fica entre os três primeiros da lista. Para quem estuda de verdade, sabe que, as tentativas do império romano em dominar o norte da Europa, parou na invasão bárbara do século VI, sendo que, os mesmos, causaram o fim do império romano.

CONQUISTA ROMANA (esse é o mundo inteiro que eles conquistaram).

MEU DEUS!

Para que os leitores tenham ideia do que eu estou falando, Alexandre Magno sozinho conquistou mais territórios que o império romano em seis séculos.

Bem, eu nem quero colocar nesse artigo algo sobre o império MONGOL!

Voltando ao assunto, para concluir essa questão, o último termo grego usado para definir o MUNDO INTEIRO é: κόσμου, no qual, possui o significado de COSMOS.

Strong's Concordance 2889.

kosmos: order, the world.

Original Word: κόσμος, ου, ὁ.
Part of Speech: Noun, Masculine.
Transliteration: cosmos.
Phonetic Spelling: (kos'-mos).
Short Definition: the world, universe.
Definition: the world, universe; worldly affairs; the inhabitants of the world; adornment.

Eu irei colocar alguns exemplos e textos, no qual, é empregado esse termo. Observem:

“Vós sois a luz do MUNDO (κόσμου). Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha” (Evangelho de São Mateus, Capítulo V, Verso XIV)

“Pois que aproveita ao homem ganhar o MUNDO INTEIRO (κόσμου), se vem a perder-se a si mesmo e se causa a sua própria ruína?” (Evangelho de São Lucas, Capítulo IX, Verso XXV)

“Por isso, como por um só homem entrou o pecado no MUNDO (κόσμου), e pelo pecado a morte, assim a morte passou a todo o gênero humano, porque todos pecaram” (Carta de São Paulo aos Romanos, Capítulo C, Verso XII)

“O sétimo anjo tocou a trombeta. Ressoaram então no céu altas vozes que diziam: O império de nosso Senhor e de seu Cristo estabeleceu-se sobre o MUNDO (κόσμου), e ele reinará pelos séculos dos séculos” (Apocalipse, Capítulo XI, Verso XV)

Observem que, todos esses textos, realmente, se referem ao PLANETA, e não apenas a um TERRITÓTIO.

Agora eu vou expor um texto do Apocalipse, em que, nos mostra exatamente a diferença de: TERRITÓRIO HEBREU e MUNDO INTEIRO. Observem:

“τὸ θηρίον ὃ εἶδες ἦν καὶ οὐκ ἔστιν, καὶ μέλλει ἀναβαίνειν ἐκ τῆς ἀβύσσου, καὶ εἰς ἀπώλειαν ὑπάγει· καὶ θαυμασθήσονται οἱ κατοικοῦντες ἐπὶ τῆς γῆς, ὧν οὐ γέγραπται τὸ ὄνομα ἐπὶ τὸ βιβλίον τῆς ζωῆς ἀπὸ καταβολῆς κόσμου, βλεπόντων τὸ θηρίον ὅτι ἦν καὶ οὐκ ἔστιν καὶ παρέσται”.

“A Fera que tu viste era, mas já não é; ela deve subir do abismo, mas irá à perdição. Admirar-se-ão os habitantes da terra (γῆς), cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde o começo do mundo (κόσμου), vendo reaparecer a Fera que era e já não é mais” (Apocalipse, Capítulo XVII, Verso VIII)

Caros leitores observem como o autor usa o termo:

(γῆς) – para se referir aos HABITANTES DA TERRA, sendo que, é o mesmo termo usado no livro de Josué para conquista da TERRA PROMETIDA.

COSMOS (κόσμου) – para se referi ao MUNDO INTEIRO.

Resumindo:

Existem três termos gregos usados para se referir a um simples território, o mundo inteiro e o universo romano.

(GÈ) γῆς = Território hebreu, ou, outro território estrangeiro.

Oἰκουμένῃ = Área dominada pelo império romano.

(COSMOS) κόσμου = Globo terrestre, ou, mundo inteiro.

Obs.: Existem outros termos variados, no qual, não entra nesse contesto do Apocalipse.

Bem, caros leitores, após descrever e explicar o real significado de cada termo (grego) usado para designar: TERRA, UNIVERSO ROMANO e MUNDO INTEIRO – eu irei fazer uma exegese sobre o texto proposto pelos nossos amigos rebelados.

Relembrando, o texto proposto é esse:

“Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas. Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXV e XXVI)

O problema na interpretação protestante, ou, a traquinagem rebelada, está na manipulação, pois, observamos um texto fora do seu contexto, sendo que, ele foi totalmente baseado em uma interpretação subjetiva. Na verdade, caros leitores, esse texto se inicia aqui:

Quando virdes que Jerusalém foi sitiada por exércitos, então sabereis que está próxima a sua ruína. Os que então se acharem na Judeia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade retirem-se; os que estiverem nos campos não entrem na cidade” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XX e XXI)

UMA PERGUNTA: Algum protestante já ouviu algum “paxtô” lendo esse texto no momento em que, o mesmo, pregava sobre o Apocalipse? CLARO QUE NÃO!

Voltando à exegese, observem como o texto se inicia fazendo referências a: Judeia e Jerusalém. A pregação de Jesus Cristo foi totalmente baseada no sitio e na destruição da cidade de JERUSALÉM. Nesse texto, não existe referências a uma guerra mundial, no qual, um ser abstrato dominaria o mundo inteiro e acabaria com o planeta.

Existe uma particularidade muito importante nesse texto, no qual, Jesus Cristo diz:

“Os que então se acharem na Judeia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade retirem-se; os que estiverem nos campos não entrem na cidade”.

Observem que, nesse texto, JESUS CRISTO ORDENA QUE DURANTE ESSE CASTIGO, O POVO FUGISSE DA JUDEIA. Caros leitores, preste atenção na palavra FUGIR.

Esse texto narra o cumprimento dessa profecia do Apocalipse:

“Ouvi outra voz do céu que dizia: Meu povo, sai de seu meio para que não participes de seus pecados e não tenhas parte nas suas pragas” (Apocalipse, Capítulo XVIII, Verso IV)

Quem quiser saber mais sobre o assunto, sai dela meu povo, acesse meu artigo: Sai dela meu povo – Roma, ou, Jerusalém.

Observem como não é difícil interpretar o Apocalipse, na verdade, é só ter uma boa circunspecção.

Agora, vamos continuar o texto do Evangelho de São Lucas:                                        

“Porque estes serão dias de castigo, para que se cumpra tudo o que está escrito (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXII)

Nesse momento, Jesus Cristo diz que, esses dias (sitio de Jerusalém) seria um CASTIGO enviado por Deus para que se CUMPRA tudo o que está escrito.

Eu pergunto: Que castigo é esse?

Esse castigo está descrito no próprio Apocalipse. Observem:

“Porque guardaste a palavra de minha paciência, também eu te guardarei da hora da provação, que está para sobrevir ao mundo, para provar os habitantes da terra (Apocalipse, Capítulo III, Verso X)

Esse texto refere-se a uma PROVAÇÃO, ou, CASTIGO, no qual, Deus enviaria para o MUNDO, porém, esse CASTIGO, provaria apenas os HABITANTES DA TERRA.

Agora, eu vou interpretar esse texto, segundo os termos gregos em seu real significado.

Primeiro, eu vou colocar esse mesmo texto em grego e depois em latim.

“ὅτι ἐτήρησας τὸν λόγον τῆς ὑπομονῆς μου, κἀγώ σε τηρήσω ἐκ τῆς ὥρας τοῦ πειρασμοῦ τῆς μελλούσης ἔρχεσθαι ἐπὶ τῆς οἰκουμένης ὅλης πειράσαι τοὺς κατοικοῦντας ἐπὶ τῆς γῆς”.

“Quoniam servasti verbum patientiae meae, et ego te servabo ab hora tentationis, quae ventura est super orbem universum tentare habitantes in terra”.

Quais termos gregos o texto nos apresenta:

1º - Oἰκουμένῃ = Área dominada pelo império romano.

2º -(GÈ) γῆς = Território hebreu.

Agora não fica difícil interpretar esse texto, pois, com os reais significados presentes, podemos concluir que:

Deus iria enviar um CASTIGO à área territorial do UNIVERSO ROMANO, porém, para provar apenas OS JUDEUS dentro do território hebreu.

Eu sei que os protestas devem estar se perguntando: Mas porque Deus iria enviar esse castigo para área territorial OCUPADA PELO IMPÉRIO ROMANO?

Resposta: Isso é simples, pois, a própria Bíblia Sagrada nos explica essa questão.

“Os dez chifres que viste, assim como a Fera, odiarão a Prostituta. Hão de despojá-la e desnudá-la. Hão de comer-lhe as carnes e a queimarão ao fogo. Porque Deus lhes incutiu o desejo de executarem os seus desígnios, de concordarem em ceder sua soberania à Fera, até que se cumpram as palavras de Deus. A mulher que viste é a grande cidade, aquela que reina sobre os reis da terra” (Apocalipse, Capítulo XVII, Versos XVI ao XVIII)

Deus enviou o seu castigo dentro do UNIVERSO ROMANO para que, o império romano (BESTA) castigasse os HABITANTES DA TERRA (Judeus). Na verdade, Deus usou o império romano para castigar Jerusalém por seu crime contra: santos, profetas, apóstolos e JESUS CRISTO.

Obs.: Da mesma forma, Deus usou o império babilônico para castigar o povo hebreu durante o exílio.

Continuando o texto:

“οὐαὶ ταῖς ἐν γαστρὶ ἐχούσαις καὶ ταῖς θηλαζούσαις ἐν ἐκείναις ταῖς ἡμέραις· ἔσται γὰρ ἀνάγκη μεγάλη ἐπὶ τῆς γῆς καὶ ὀργὴ τῶ λαῶ τούτῳ. καὶ πεσοῦνται στόματι μαχαίρης καὶ αἰχμαλωτισθήσονται εἰς τὰ ἔθνη πάντα, καὶ ἰερουσαλὴμ ἔσται πατουμένη ὑπὸ ἐθνῶν, ἄχρι οὖ πληρωθῶσιν καιροὶ ἐθνῶν”.

“Ai das mulheres que, naqueles dias, estiverem grávidas ou amamentando, pois haverá grande angústia na TERRA e grande ira contra o povo. Cairão ao fio de espada e serão levados cativos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos pagãos, até se completarem os tempos das nações pagãs” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXIII e XXIV)

Bem, caros leitores, essa parte do texto é simples, pois, nela diz que, Jerusalém seria pisada pelos pagãos, e, seus habitantes seriam levados para outras nações. O mais importante é saber que esse texto se refere apenas a cidade de Jerusalém, ou seja, não se refere ao mundo inteiro, é só comparar o termo grego usado para se referir a TERRA.

É importante ressaltar que, Euzébio de Cesareia afirma que essa profecia se cumpriu durante o sitio de Jerusalém. Observem:

“É justo acrescentar a pregação infalível de nosso Salvador pela qual mostrava estas mesmas coisas quando profetizava assim: AÍ das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias! [...] Estes acontecimentos ocorreram deste modo no segundo ano do império de Vespasiano [...] segundo as predições de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo [...] dirigindo-se à mesma Jerusalém” (História Eclesiástica de Euzébio de Cesareia, Livro VII, Capítulo III, Versos I ao III)

“Segundo a Escritura dos Sagrados Evangelistas [...] dirigindo-se à mesma Jerusalém [...] E cairão ao fio da espada e serão levados cativos a todas as nações. E Jerusalém será pisoteada pelos gentios, até que sejam cumpridos os tempos destes povos. E outra vez: E quando virdes Jerusalém cercada por exércitos, sabei então que terá chegado sua desolação” (História Eclesiástica de Euzébio de Cesareia Livro III, Capítulo VII, Verso III, IV e V)

Como é impressionante a clareza com que os Cristãos dos primeiros séculos usavam a sabedoria para interpretar as palavras do Nosso Senhor.

Agora, para terminar essa parte do texto, e, entrando no texto citado pelos protestantes maçônicos, eu irei mostrar a grande particularidade que existe nesse texto citado por Euzébio de Cesareia, e, que mata de uma vez por todas a charada no texto usado pelos protestantes maçônicos. Observem:

“οὐαὶ ταῖς ἐν γαστρὶ ἐχούσαις καὶ ταῖς θηλαζούσαις ἐν ἐκείναις ταῖς ἡμέραις· ἔσται γὰρ ἀνάγκη μεγάλη ἐπὶ τῆς γῆς καὶ ὀργὴ τῶ λαῶ τούτῳ. καὶ πεσοῦνται στόματι μαχαίρης καὶ αἰχμαλωτισθήσονται εἰς τὰ ἔθνη πάντα, καὶ ἰερουσαλὴμ ἔσται πατουμένη ὑπὸ ἐθνῶν, ἄχρι οὖ πληρωθῶσιν καιροὶ ἐθνῶν”

“Ai das mulheres que, naqueles dias, estiverem grávidas ou amamentando, pois haverá grande angústia na TERRA e grande ira contra o povo. Cairão ao fio de espada e serão levados cativos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos pagãos, até se completarem os tempos das nações pagãs” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXIII e XXIV)

Quando o autor (São Lucas) se refere às MULHERES GRAVIDAS e logo após cita JERUSALÉM pisada pelos pagãos, isso nos leva a crer que, essas mulheres eram HABITANTES DO TERRITÓRIO DE JERUSALÉM. A grande particularidade é que o termo grego usado para se referi a essa TERRA é: (GÈ) γῆς = Território hebreu, o mesmo termo usado por Josué durante a conquista de Canaã.

Claramente o autor (São Lucas) se referia apenas a cidade de Jerusalém.

O próximo texto será o texto usado pelos protestantes maçônicos, no qual, eu irei expor sem as suas adulterações satânicas e irei mostrar ao leitor que, o autor (São Lucas) se utiliza do mesmo termo: (GÈ) γῆς, ou seja, ele se referia apenas ao território de Jerusalém.

Primeiro eu irei colocar o texto em grego, inglês e depois em português.

Lembrando que, os termos gregos são:

(GÈ) γῆς = Território hebreu, ou, outro território estrangeiro.

Oἰκουμένῃ = Área dominada pelo império romano.

(COSMOS) κόσμου = Globo terrestre, ou, mundo inteiro.

LA VAI O TEXTO CITADO PELOS PROTESTANTES MAÇÔNICOS PARA ENGANAR ALGUNS ANTICATÓLICOS.

“καὶ ἔσονται σημεῖα ἐν ἡλίῳ καὶ σελήνῃ καὶ ἄστροις, καὶ ἐπὶ τῆς γῆς συνοχὴ ἐθνῶν ἐν ἀπορίᾳ ἤχους θαλάσσης καὶ σάλου - ἀποψυχόντων ἀνθρώπων ἀπὸ φόβου καὶ προσδοκίας τῶν ἐπερχομένων τῇ οἰκουμένῃ, αἱ γὰρ δυνάμεις τῶν οὐρανῶν σαλευθήσονται”. (Versão: Grego Koinê).

“And there shall be signs in the sun, and in the moon, and in the stars; and upon the earth distress of nations, with perplexity; the sea and the waves roaring; - Men's hearts failing them for fear, and for looking after those things which are coming on the earth: for the powers of heaven shall be shaken” (Versão: King James).

ABAIXO, A TRADUÇÃO CORRETA:

“E haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; e na TERRA angústia das nações, em perplexidade; o mar e as ondas; - Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão sobra a TERRA; pois os poderes dos céus serão abalados” (Evangelho de São Lucas, Capítulo XXI, Versos XXV e XXVI)

O texto sem adulterações é muito simples de ser interpretados, e, agora, depois de conhecermos os significados dos termos gregos, fica fácil a realização de uma exegese.

Simplesmente o autor (São Lucas) afirma que, haveria sinais daquilo que iria acontecer ainda naquela geração.

Depois, o autor diz que, a TERRA (JERUSALÉM) seria a angustia das nações. Isso é fato, pois, a destruição de Jerusalém e do templo, foi um fato marcante na história da humanidade, sendo que, na época, era de conhecimento público, todas as outras nações viram com angustia o que ocorreu com a cidade de Jerusalém.

Mais adiante, o autor diz que, os homens ficariam apavorados de terror pelas coisas que iria sobrevir sobra a TERRA. A grande importância é que o termo grego usado nesse texto é: Oἰκουμένῃ “UNIVERSO ROMANO”. Isso é lógica, pois, no apocalipse, Deus usa o império romano para destruir e castigar Jerusalém. Porém, a angustia não termina com a destruição do templo.

Eu pergunto aos protestantes: O que ocorreu com os Cristãos (dentro dos territórios ocupados pelo império romano) logo após a destruição de Jerusalém? A resposta é simples: Sobreveio a segunda perseguição apostólica sobre ordens do imperador Domiciano (segundo Nero).

Realmente, eu não sei qual é a dificuldade que esses protestantes encontram na interpretação do apocalipse! É tudo tão simples e tão fácil.  

Mais uma vez cai por terra mais uma mentira do apocalipse protestante.

Autor: Cris Macabeus.

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
2


Cai a farsa.

Pro Ecclesia.

Servos de Maria.

Apologistas Católicos.

Índice de Mentiras.

Quem sou eu.